IRPF 2020 – Documentos Necessários:

 

IRPF – 2020 – Documentos necessários:

Entregar a declaração de IRPF no início do prazo, permite que o contribuinte receba mais cedo sua restituição, caso tenha valores a restituir.

Assim, o ideal é se organizar para juntar todos os documentos necessários para o preenchimento da declaração e evitar imprevistos. Caso algum documento tenha alguma inconsistência ou informação insuficiente, será possível corrigir a declaração antes do término do prazo, no final do mês de abril.

Confira os documentos necessários para a declaração de Imposto de Renda 2020.

Rendas:

Contribuinte e seus dependentes:

  • Informes de rendimentos de instituições financeiras inclusive corretora de valores (contas correntes, empréstimos, aplicações, poupança e resgate de previdência);
  • Informes de rendimentos de salários, pró labore, distribuição de lucros, aposentadoria, pensão e etc. emitidos pelas fontes pagadoras;
  • Informes de rendimentos de aluguéis de bens móveis e imóveis recebidos de jurídicas e/ou físicas;
  • Informações e documentos de outras rendas recebidas no exercício, tais como: rendimento de pensão alimentícia, doações, heranças recebidas no ano, dentre outras;
  • Valores de rendimentos isentos recebidos no decorrer do período, tais como: seguro-desemprego, saque FGTS, indenização por rescisão contratual, recebimento de seguros, doações, herança e etc.;
  • Controle de compra e venda de ações, inclusive com a apuração mensal de imposto.

Bens e Direitos:

Contribuinte e seus dependentes:

  • Imóveis e Terrenos com detalhamento obrigatório como: número de matrícula, inscrição municipal (IPTU), área total do imóvel (M²), data de aquisição, cartório de registros e outros;
  • Veículos com informação obrigatória do RENAVAM e/ou registro no órgão regulamentador correspondente;
  • Conta Correntes, Poupança, Aplicações e Previdência Privada (modalidade VGBL) com informação obrigatória de CNPJ de Bancos ou Instituições Financeiras;
  • Gastos com melhorias, reformas e construções em Imóveis.

Pagamentos e Doações:

Contribuinte e seus dependentes:

  • Recibos de pagamentos ou informe de rendimento de plano ou seguro saúde (com CNPJ da empresa emissora e a indicação do paciente);
  • Despesas médicas e odontológicas em geral (com CNPJ da empresa emissora ou CPF do profissional, com indicação do paciente);
  • Comprovantes de despesas com educação (com CNPJ da empresa emissora com a indicação do aluno);
  • Comprovantes de gastos com Previdência Social e previdência privada, na modalidade PGBL (com CNPJ da empresa emissora);
  • Comprovantes de pagamento de Pensão Alimentícia Judicial (com CPF e nome completo do alimentando) com os recibos ou com os valores descontados em folha (contra cheques) diretamente pela fonte pagadora;
  • Comprovantes de pagamentos efetuados a profissionais liberais, tais como: advogados, administradores de imóveis, engenheiros, arquitetos, corretor de imóveis;
  • Caso tenha efetuado doações para candidatos na campanha eleitoral: valor da doação, CNPJ, nome do candidato, partido político ou comitê financeiro;
  • à Atividade Audiovisual, Incentivo ao Desporto e Fundos controlados pelos Conselhos do Idoso.

Dívidas e Ônus:

Contribuinte e seus dependentes:

  • Informações e documentos de dívida e ônus contraídos e/ou pagos no período, tais como: empréstimos, financiamentos (exceto financiamento de bens) e outros.

Últimas postagens:

Interrupção e suspensão do contrato de trabalho

Interrupção e suspensão do contrato de trabalho

Um dos recursos colocados à disposição das empresas durante a pandemia de Covid-19 foi a suspensão contratual Segundo o art. 442 da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), o contrato de trabalho “é o acordo tácito ou expresso, correspondente à relação de emprego”. Em...

Posts relacionados:

Interrupção e suspensão do contrato de trabalho

Interrupção e suspensão do contrato de trabalho

Um dos recursos colocados à disposição das empresas durante a pandemia de Covid-19 foi a suspensão contratual Segundo o art. 442 da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), o contrato de trabalho “é o acordo tácito ou expresso, correspondente à relação de emprego”. Em...

Reajuste do mínimo aumenta o valor da contribuição do MEI

Reajuste do mínimo aumenta o valor da contribuição do MEI

Salário mínimo deste ano foi fixado em R$ 1,1 mil pelo governo Com a publicação da Medida Provisória nº 1.021/20, dia 31, o governo determinou o valor do salário mínimo válido para 2021: R$ 1,1 mil. A medida ainda fixa o valor diário do piso salarial em R$ 36,67 e o...

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fale Conosco

Entre em contato com um de nossos especialistas e tire todas as dúvidas que tiver sobre a nossa empresa e nossos serviços.

(41) 3039-6557

R. Eng. Costa Barros, 1283 - Cajuru Curitiba - PR